quarta-feira, março 31, 2010

Super-heróis islâmicos

Do you speak English?

Se sim, cutuque aqui. Você vai parar no site da tevê alemã Deutsche Welle, mais especificamente numa reportagem do programa Global 3000. Você precisa ter uma boa audição de inglês.

(Mas podia ser pior, podia ser em alemão...)

Se você não fala inglês, explico um pouco: a reportagem fala sobre um psicólogo que criou histórias em quadrinhos com super-heróis islâmicos. Ou seja, nada da adaptação das histórias ocidentais a uma cultura estranha a esses valores.

Realmente, muito interessante.

segunda-feira, março 22, 2010

Sacanagem em alemão

Sei, é uma sacanagem o que eu vou fazer, mas como se trata de uma sacanagem inevitável, fico livre de qualquer remorso: eis uma notícia EM ALEMÃO sobre uma paródia em quadrinhos do obra "Fausto", de Goethe. A versão quadrinizada é do quadrinista alemão Flix.

Infelizmente, a página não tem tradução. O importante é que Flix acaba de lançar o primeiro volume da obra.

sexta-feira, março 12, 2010

Notícia muito triste...

... o cartunista Glauco foi assassinado em Osasco/SP. Cutuque aqui para ler as informações.

sexta-feira, março 05, 2010

Post que deveria estar no twitter

Essa eu recebi pelo Twitter da revista Galileu: "Vídeos lembram os games de flíper baseados em HQs." Cutuque aqui.

quinta-feira, março 04, 2010

terça-feira, março 02, 2010

Uma aula

Eu já era fã do quadrinista Spacca, mas fiquei mais fã ainda após o post que ele fez em seu blog relatando o processo inteiro da produção de uma ilustração, desde a encomenda do editor da revista até a finalização. Trata-se de uma aula para qualquer quadrinista e, no caso de quem não é, serve para desvelar todo o trabalho por trás de um desenho historicamente embasado e feito por quem é profissional e sério.

Enfim, confira por si mesmo cutucando aqui.

Efeito feijão

Eis um trecho do documentário "The Confessions of Robert Crumb", no qual o próprio Crumb explica como desenha aquelas famosas mulheres rechonchudas, características da sua obra.



O vídeo, você já deve ter notado, é em inglês.

Para conhecer melhor o universo quadrinesco-musical de Crumb, cutuque aqui.