domingo, dezembro 10, 2006

Um trem

Minha amiga Lud, morando lá em Belo Horizonte (MG), descobriu, sem sair do lugar (a não ser que tenha pegado um trem e não me contou), uma ONG em Fortaleza (CE) que trabalha com quadrinhos. Gente boa que é essa guria mineira, acabou me mandando o texto pra divulgar aqui no CABRUUUM.

Bueno, eis a matéria:

PERSONAGENS DA VIDA REAL
por Ludmila Ribeiro – jornalista, sócia-diretora da Ora Boa Arte Comunicação Social e membro do Grupo Cultural NUC.

Diz o dito popular que uma imagem vale mais que mil palavras. Não que essa frase seja uma verdade, mas as imagens dos quadrinhos têm aproximado os jovens da palavra, da leitura e dos seus direitos como cidadãos. Isso lá em Fortaleza, capital do Ceará, onde jovens entre 16 e 21 anos fundaram a ONG Página Desenhos, toda voltada para quadrinhos.

Não se trata de qualquer imagem. Os jovens desenhistas e produtores de revistas de história em quadrinhos, fanzines e eventos temáticos têm um foco bem definido: o bem-estar social e a valorização dos direitos da criança e do adolescente. Valdeci Carvalho, presidente e fundador do Página Desenhos, começou esse trabalho quando tinha 16 anos e, hoje com 21, vê uma proposta se concretizando, como ele mesmo diz: “Antes éramos jovens que tínhamos um sonho e hoje somos o ideal de jovens que nós nem conhecemos. Temos uma preocupação muito grande com o que estamos repassando a eles”.

Como um convite ao universo da leitura, do conhecimento e dos direitos sociais, a ONG Página Desenhos utiliza a popularidade dos quadrinhos entre os jovens para abordar de maneira simples e atrativa temas importantes e também complexos, instigando o leitor. “As pessoas buscam os quadrinhos pra se divertir e aos poucos vão se habituando a ler. Quando o adolescente está mais apto a ler, ele está mais apto a se informar e ter consciência de seus direitos”, conta. Assim, através de personagens como “A turma do David Carvalho”, que vivem situações típicas do universo juvenil, eles mostram que quadrinho pode fazer rir mas também fazer pensar, pois numa tirinha cabe formação, informação e diversão, tudo junto e misturado.

Acreditando no potencial dos quadrinhos para informar e envolver os jovens em atividades de formação e cidadania, Valdeci e toda a jovem equipe do Página Desenhos trabalham na formação de cerca de 250 jovens que participam das oficinas de quadrinhos, desenho e fanzine. Agora estão entrando em contato com a oficina de animação, novidade oferecida pelo Página Desenhos também para 10 escolas públicas de Fortaleza.

Página Desenhos tomou esse rumo seguindo junto com alguns parceiros que se aproximaram ao longo do processo. A começar pela ONG Diaconia, que convidou Valdeci a ministrar as primeiras oficinas em 2001. Dado o primeiro passo, outros parceiros foram chegando, como a ONG Cedeca - Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do estado do Ceará e a Secretaria de Estado da Cultura do Ceará. Além deles, há também a ONG Comunicação e Cultura que trabalha com jornais estudantis e faz circular a produção de tirinhas do Página Desenhos, como as séries “Cada louco que me aparece” (da Turma do David Carvalho) e “Tiras suas mãos daí”, publicando-as em diversos jornais do país.

Se a idéia era que os jovens descobrissem o seu potencial de ação, pode-se considerar que com o Página Desenhos esse sonho se realizou e vem comprovando o potencial dessa arte também como instrumento de educação. Grandes e talentosos desenhistas existem em diversos cantos do Brasil e Valdeci acredita na integração com artistas de outros estados, para juntos, fazerem um trabalho em nível nacional. “Nós temos experiência, informações, resultados e apoio de diversas pessoas. A criação de novas ONGs em outros estados vai ser importante para o trabalho continuar e crescer”, convida.

***

Aproveitando o gancho da Lud: uma outra ONG, a ONG anti-drogas CTDia, promoveu uma campanha que usa os quadrinhos. Na verdade, a campanha ocorre em várias mídias, mas voluntários da ONG e pacientes em recuperação participaram na elaboração da mídia quadrinhos que saiu em anúncios de jornal. Você vê a campanha toda, realizada pela agênica OpusMúltipla, cutucando aqui! Caso você queira ir direto para a parte dos quadrinhos, então cutuque aqui!

4 comentários:

Léo disse...

Dali Ludinha... eita trem bôm sô! Engraçado que coloquei o nome da lud na roda do mascando essa semana também! Dali...

Anderson Ribeiro disse...

Que texto gostoso de ler. Essa Lud vai ser o que quiser quando crescer. Hehehehe. Viva, Gustinho, O blog tá bastante movimentado!!!!

Ludmila Ribeiro disse...

opa! ó eu aqui! augustito querido, obrigada pela oportunidade e pelos enriquecedores comentários. o texto já tá rolando no informativo impresso do favela é isso aí. não tá na rede, mas vale a visita ao site dessa ong parceira www.favelaeissoai.org.br
pessoal! saudade imensa de vocês blogueiros fiéis e talentosíssimos! vamos nos falando que esse papo é pro resto da vida! ("e além da vida ainda de manhã no outro dia" hihihi)
beijocas da lud

julita disse...

dois rumos em um. eita beleza!! gostei de ler os dois. beijos!