quinta-feira, dezembro 07, 2006

Joacy Jamys

Esses dias chegou-me a notícia de que o cartunista carioca Joacy Jamys, atualmente morando no Maranhão, havia falecido. Hoje, a notícia que chegou foi essa:

"As informações estão desencontradas.
1 - O médico que o operou deixou um laudo prévio de Morte Cerebral. Entretanto, ficou de voltar no final do dia de ontem para emitir um parecer final. Não voltou, e as informações que temos é de que ele teria viajado por alguma razão que não conhecemos.
2 - Um segundo médico (que parece ter feito parte da equipe), ficou de dar o referido laudo. Entretanto, ele ainda não o fez.
3 - Ele está sendo mantido por aparelhos, e a informação que temos, até o momento, é que o coração está ainda batendo.
4 - Ontem sua mãe esteve na UTI e, falando com ela, falou de seu filho e percebeu uma lágrima que desceu do olho. Ela, é lógico, encheu-se de esperança.
5 - Segundo os médicos, Jamys está em coma.
6 - Eu próprio fui levado pelo laudo de Morte Cerebral, já que o pessoal do hospital estava já falando com a família sobre doação de órgãos, a acreditar que Jamys já havia recebido o laudo final. Vamos intensificar nossa corrente de esperança."

Quem enviou essa mensagem foi outro cartunista maranhense, Iramir Araújo, que já foi citado aqui. Ele mandou um outro e-mail, dizendo agora outra coisa:

"Joacy Jamys, quadrinhista, referência no meio alternativo sofreu um Acidente Vascular Cerebral no dia 04 de outubro. Os médicos que o atenderam, confirmaram, hoje, morte cerebral. Estamos todos imensamente tristes, pois Jamys é amigo muito querido. Um dos maiores batalhadores pela profissionalização dos quadrinhos no Maranhão, nos incentivava a todos para produzir e ele próprio era, para nós, grande inspiração. Produzia continuamente, divulgava os trabalhos dos artistas locais e estava montando um livro com toda a sua obra. Uma imensa quantidade de tiras, charges, cartuns, hq's poemas, capas de cd's, de livros, publicidade.... enfim. O homem era uma máquina (no bom sentido). Carioca de nascimento, Jamys nasceu em 09 de outubro de 1971. Mudou-se para o Maranhão ainda adolescente e ficou, encantado com as histórias, praias e mulheres de São Luís, onde fez sua base de lançamento de quadrinhos e idéias."

Pelas datas dos e-mails, suponho que o segundo é anterior ao primeiro. Em todo caso, acompanhe eventuais comentários que possam ir surgindo neste post para saber ao certo.

Acreditando que a mensagem correta é a primeira, está havendo uma onda de apoio a Joacy, na esperança de que possa acontecer um milagre. Listo aqui sites onde você pode encontrar, entre outras coisas, algumas homenagens e biografias do cartunista:

* Site oficial de Joacy Jamys
* Velta
* Revista NETworld
* Auto-caricatura de Joacy Jamys
* Fotolog Bira Dantas
* Neorama
* Google Images

***
Ps.: recebi ainda na quinta-feira, à tardinha, um outro e-mail de Iramir. Esse novo diz o seguinte:

"[...] as notícias são um tanto desencontradas. Oficialmente Jamys ainda não faleceu. Eu também fui levado pela notícia da 'Morte Cerebral' e despachei os e-mails para os amigos. Um amigo comum, Marcos Caldas, chegou agora do hospital e disse: 'Pessoal, acabei de chegar do hospital e a situação do Joacy é a seguinte: tudo continua como antes. As infecções não se alastraram, mas seus orgãos vitais ainda são mantidos pelos aparelhos. Seu cérebro não responde aos estímulos.
O médico que o atendeu e fez o procedimento (angioplastia), no domingo, viajou para São Paulo na segunda e está de volta hoje. Joacy não está sendo acompanhado por nenhum neurologista'."

3 comentários:

reuben disse...

augusto, querido: outro dia estávamos eu e muitos mais bebendo em homenagem ao grande artista que o jamys é. é incrível como a vida sacaneia com a gente. abração.

Léo disse...

Augustóteles... passando só pra deixar um desejo de muito sucesso. Tá trabalhando no próximo post agora?

Anderson Ribeiro disse...

Que angu, hein? Mas vai entender os deuses. Ádes bem que podia dar uma chance para o Jamys.