domingo, abril 22, 2007

Jorge Ivan está de volta!

"Olá Augusto, desculpe a invasão. Você fez uma referência ao meu pai (Jorge Ivan) em seu blog. Fiquei muito feliz. Ele fez o logotipo da Zero Hora, trabalhou aí no Sul até vir para o Rio e implantar o sistema Off set. Ele era o caricaturista oficial além de grande amigo de Lupicínio Rodrigues. Tenho uma série de trabalhos dele arquivados, muitas caricaturas, cartoons e charges. Ele não gostava de aparecer, por isso talvez os mais novinhos não conheçam seu trabalho. Foi, inclusive, chamado para fazer parte da equipe do Walt Disney. Bem... qualquer coisa me fale, terei o maior prazer em enviar alguns trabalhos dele. Um abraço"

O scrap acima foi-me enviado por Denise Helena, filha do Jorge Ivan, e também artista plástica (cutuque no link sobre o nome dela para ver seu orkut, onde ela inclusive exibe alguns trabalhos). A referência ao pai havia sido uma breve notinha sobre o seu falecimento, que teria passado despercebida. Graças à Denise, porém, tenho como reparar uma dessas falhas comuns ao trabalho jornalístico.

Eis, então, o material que ela me passou:

Jorge Ivan
Começou sua vida profissional, aos 16 anos, em uma revista chamada “O CRAQUE”, como ilustrador, fazendo caricaturas. Também, fazia ilustrações para a Imprensa Oficial do Rio Grande do Sul, onde também ilustrou a capa da Constituição do Rio Grande do Sul.

Logo veio o convite para ingressar na Última Hora de Porto Alegre, onde começou como ilustrador, desempenhando mais tarde a função de diagramador, pois tinha a seu lado os pioneiros da diagramação no país: Andrés Guevara e Anibal Bendati.

Com a Revolução de 64, acabaram com a UH por motivos óbvios (repressão política) e então foi fundada por Ary de Carvalho a Zero Hora, que reuniu alguns dos melhores profissionais de Porto Alegre, dentre eles Jorge Ivan.

Paralelamente continuava atuando na Imprensa Oficial, onde era chefe de arte.

Jorge Ivan , Anibal Bendati e Ary de Carvalho juntos criaram o primeiro logotipo de um dos mais conhecidos tablóides do Brasil : ZERO HORA.


Desenhista, pintor, caricaturista, chargista e diagramador, o porto-alegrense veio para o Rio de Janeiro, a convite de Ary de Carvalho, para fundar a Última Hora. Implantou o sistema de fotomecânica e impressão off-set nos Diários Associados. Ilustrou matérias da revista O Cruzeiro e dos periódicos O Jornal e Jornal do Comércio.

Dirigiu o departamento de arte da Ediouro e do jornal Última Hora. Retornou ao Jornal do Comércio em 1979 e, no ano seguinte, passou a ocupar o cargo de supervisor de produção gráfica na Gazeta Mercantil, onde se aposentou.

Continuou a atuar com projetos gráficos para diversos jornais e sempre ilustrando.

É autor de várias obras de arte.




Não podemos nunca deixar de falar que foi o maior Gremista que já se teve notícia, o Grêmio era sua grande paixão...

Era amigo e caricaturista oficial de Lupicínio Rodrigues.




A caricatura abaixo, ele fez quando Charles Bronson veio ao Brasil. O caricaturado gostou tanto que levou uma cópia consigo.






Outros trabalhos de Jorge Ivan:




2 comentários:

Luciane Jordani disse...

Maravilhoso!!!!Ímpar!!!

Na_Strada disse...

Sou admiradora de seus quadros! Grande artista!