segunda-feira, maio 05, 2008

Sereníssimo

É outono e faz frio em Porto Alegre. As pessoas se aproximam para manter seus corpos aquecidos. Mas não só isso. É uma aproximação sentimental, emocional, nostálgica. Filosófica! Uma aproximação que faz pensar na vida.

Em suma, um clima perfeito para ressoar em nós as letras das músicas de Renato Russo. Como esta:

"Há Tempos" - Legião Urbana

Composição: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá

Parece cocaína
Mas é só tristeza
Talvez tua cidade
Muitos temores nascem
Do cansaço e da solidão
Descompasso, desperdício
Herdeiros são agora
Da virtude que perdemos...

Há tempos tive um sonho
Não me lembro, não me lembro...

Tua tristeza é tão exata
E hoje o dia é tão bonito
Já estamos acostumados
A não termos mais nem isso...

Os sonhos vêm e os sonhos vão
E o resto é imperfeito...

Dissestes que se tua voz
Tivesse força igual
À imensa dor que sentes
Teu grito acordaria
Não só a tua casa
Mas a vizinhança inteira...

E há tempos
Nem os santos têm ao certo
A medida da maldade
E há tempos são os jovens
Que adoecem
E há tempos
O encanto está ausente
E há ferrugem nos sorrisos
Só o acaso estende os braços
A quem procura
Abrigo e proteção...

Meu amor!
Disciplina é liberdade
Compaixão é fortaleza
Ter bondade é ter coragem (Ela disse)
Lá em casa tem um poço
Mas a água é muito limpa...

Tem também este verso, muito simbólico:

Consegui meu equilíbrio cortejando a insanidade
("Sereníssima" - Legião Urbana. Composição: Dado Villa-Lobos / Renato Russo / Marcelo Bonfá)

Procurei na internet alguma ligação entre "quadrinhos" e "Renato Russo" que justicasse este post. Achei esta notícia e esta homenagem. Mas, é óbvio, este post surge do sentimentalismo mesmo...

Ou seria do frio?

Enfim, é isso.

3 comentários:

Leonardo disse...

Mas tche, citando Legião Urbana?

Não sabia que tu gostava. De qualquer forma, se encaixou bem no contexto, principalmente aquela frase de "Sereníssima".

abs!

Anderson Ribeiro disse...

Frio e solidão...um mergulho de volta ao útero.

Léo disse...

Eu voto na opção frio! Renato Russo é sempre bom!