domingo, janeiro 14, 2007

A professorinha está salva!


Esse achado é realmente importante. Ainda mais se você é professor(a) (desculpa por não saber seu nome, nem seu sexo e sua profissão ao certo. Sou muito distraído).

Existe um programa chamado HagáQuê. O Quê? HagáQuê!

Ah, sim, vamos por partes, como diria... Bem, essa é óbvia, você sabe quem diria isso.

Mas voltando, que estou muito distraído. Hoje eu daria muito trabalho pra qualquer professora.

A não ser, claro, que ela usasse o HagáQuê na aula. Na Unicamp, os alunos são todos marmanjos, então não há necessidade de usar. Mas, à-toa que são, inventaram o programa esse, que se torna uma ferramenta de trabalho para professores: um programa que se pode usar no ensino de praticamente qualquer matéria, se houver criatividade.

Pois o HagáQuê é um programa para se fazer histórias em quadrinhos. Tem ferramenta para fazer balão, para fazer personagem, para fazer cenário e para colocar som (olha só, som em histórias em quadrinhos!). As opções não são muitas, mas o professor pode combinar uma com outra e achar um resultado bom para usar em aula (ou em casa mesmo, pra relaxar).

Bueno, o que falta dizer é que o programa é grátis e pode ser baixado aqui! Entre na seção Downloads para baixá-lo. Ah, e se puder, explore a seção Publicações, onde há uma penca de artigos sobre o HagáQuê que falam sobre quadrinhos e educação.

3 comentários:

Anônimo disse...

Obrigado pela visita Augusto,
Abraço,
Alberto Marques.

Hoje vi esse post e lembrei do seu blog (trabalho). Pode ser que sirva:

http://www.lacoctelera.com/octavio-islas/post/2007/01/14/mi-norbert-precioso

Eduardo Tanaka disse...

Olá Augusto,

Sou um pouco (ou seria muito?) suspeito para falar, mas está muito bacana o post sobre o HagáQuê.

De fato, nosso objetivo foi ajudar professores(as) e aprendizes a produzirem suas histórias em quadrinhos no computador de maneira fácil, com diferentes recursos para enriquecer as histórias e não limitar a criatividade usuário.

Claro, os marmanjos também podem aproveitar o HagáQuê para contar suas histórias, como você bem escreveu.

Finalmente, aproveitando o espaço para auto-propaganda (oba!), reforço seu post e convido todos a conhecerem o HagáQuê:

http://www.nied.unicamp.br/~hagaque

Obrigado e parabéns pelo seu fantástico blog.

E. Tanaka.
IC/Unicamp.

Anônimo disse...

Ok, Augusto,
Vou olhar quando tiver um tempo disponível. Palacios está de férias. Abraço.
Alberto Marques