sexta-feira, janeiro 06, 2006

Telequadrinhos e vestibular em quadrinhos: escolha uma opção!

Deus ajuda o seu Madruga! Não, não. Não é assim o ditado. Her... acho que é... Ah, sim! Deus ajuda quem cedo madruga!

Pois foi tentando acreditar em algum fundamento disso que cambaleei da cama até a mesa da cozinha pra tomar o café da manhã (ou da madrugada, tanto faz), às 5h45min de hoje. Não sei como não bebi o leite com o nariz, tampouco como escapei de passar margarina na mão. Muito menos, portanto, como consegui fazer a peripécia de ligar a tevê. Só sei que foi providencial, já que desse (controle-)remoto milagre veio o assunto pra este post.

Com o aparelho ligado, tive pelo menos duas surpresas. A primeira: comprovei que a existência do programa Telecurso 2000 não é um mito. Agora posso estufar o peito e dizer pra todo mundo que ele realmente existe e passa na Globo a essa hora da madruga. E que eu mesmo vi, com essa remelas que um dia a terra ainda há de comer (mesmo que mande de volta depois)! Eheheh.

A segunda e mais importante: hoje de manhã estava passando um episódio do curso de inglês. Tá, e daí?! Calma, calma... Eu tardo mas não falho.


Durante o programa, uma personagem do telecurso começou a ler uma revista em quadrinhos escrita em inglês. Folheava, e a gente ia acompanhando página por página. Isso tudo para ensinar o idioma.

Até aí, tudo bem. Acontece que o episódio desviou do assunto principal (inglês) de tal forma que a personagem ficou mais de um minuto falando das peculiaridades de histórias em quadrinhos. Coisas básicas, mas interessante. Tipo: "o que mais gosto nas histórias em quadrinhos é como elas conseguem trabalhar texto e imagem ao mesmo tempo" e "por isso os gibis podem ser uma importante ferramenta educativa" (palavras não ao pé da letra).

Nenhum gancho com o ensino de inglês especificamente. Curioso, não? Um program de televisão curtíssimo usa um grande espaço do seu horário pra falar de alguma coisa que não tem ligação direta com o que, pelo objetivo principal, teria que dizer! Só os quadrinhos pra fazer isso, não?!

***

Esta é especial pra quem vai fazer o vestibular da UFSM, entre os dias 10 e 13 de janeiro, semana que vem: se você, que nem eu, leu muito gibi quando era piá, pode ter certeza que vai cair na prova coisas que você conhece.

Hã? Como assim?

Calma, calma 2. Não tive acesso às provas do vestibular, não mesmo. Vamos à definição de histórias em quadrinhos do Scott McCloud, autor do livro Desvendando os Quadrinhos, que você vai entender: "imagens pictóricas e outras justapostas em seqüência deliberada destinadas a produzir informações e/ou a produzir uma resposta no espectador."

Portanto, segundo a definição do McCloud, isto aqui é uma história em quadrinhos:



E isto:



E mais isto:



[eheheheh]

Daí que quando topar com uma dessas na prova, se não souber a resposta, pelo menos vai ter com o que se entreter!

6 comentários:

Theo G. Alves disse...

sobre esse lance dos quadrinhos pra ensinar outro idioma, isso é verdade... é fantástico. é tão (ou mais) eficiente que os filmes, p exemplo...
a associação de imagem e do vocabulário é mais facilmente assimilada e isso torna a aprendizagem mais profunda...
sempre uso os quadrinhos dos Peanuts, do Charles Schulz p dar aulas...
até mais!

Francieli Rebelatto disse...

Depois de dias sem dar uma passadinha pelo blog do meu amigo Augusto, confesso que fiquei emocionada e lisonjeada por ser colega no Grupo Imagem do Augusto. Mas pq?? Simplesmente pelo fato de que este blog é rendondinho como descrito no "profile", o que prova a competência desse ilustre colega(ta sem exageros Augusto). Outro fator q deixa o blog muito interessante é atualização contínua, pois também administro um blog,( mais subjwtivo é claro) e sei o qt é difícil ter idéias para atualizar continuamente, mas você Augusto faz isso como ninguém...Tu és o cara...E sem falar nos links, (que ainda não aprendi direito a fazer), que estão sempre nos pondo em contato com outros sites de temas relacionados e interessantes...è isso aí guri, tirei o chapéu pra ti e já disse outras vezes que sou tua fã...não entendo muito de quadrinhos, mas uma coisa é certa..através do teu blog estou aprendendo muita coisa...Beijos

Marcelo Cordeiro disse...

Augusto,

Bah, guri, tá muito jóia esse blog. Já te falei isso. Teu texto é ótimo e tu tem uma habilidade única de prender o leitor. Ousadia pura. Muito massa. Uma coisa que deixa tudo que tu faz bom: tu te apaixona pelo que tu faz, isso é inspirador,

Sucesso sempre,

abraço,

Marcelo Cordeiro disse...

Bah, tchê. Especial esse teu blog. Já devia ter comentado antes, mas não o fiz porque sou meio tosco nesse negócio de quadrinhos. Minha praia sempre foi livros. Enfim, ele está muito bom, bom mesmo, interessante para qualquer um que goste ou não de quadrinhos; e, para quem gosta, tá show de bola.
Uma coisa que deixa ótimo tudo que tu faz: tu te apaixona pelas coisas, isso é inspirador.

Sucesso sempre,

grande abraço,

Theo G. Alves disse...

olá, augusto.
sou mesmo professor. sou formado em letras e literatura e dou aulas de inglês. infelizmente não trabalho com quadrinhos: na verdade sou escritor por incompetência. sempre fui fascinado por imagens, mas a impossibilidade de realizá-las ainda como imagens me fizeram escritor.
Uso sempre quadrinhos e outros materiais audiovisuais para dar aulas. a associação imagem/som/sentido ajuda muito no processo de aprendizagem de uma nova língua.
tive algumas experiencias desse tipo na universidade quando fui monitor no laboratório de lingua inglesa e criavamos metodos de ensino a partir de ferramentas audio-visuais...
também sou fã de quadrinhos, embora more num lugar tão longe do mundo que eles mal chegam por aqui...
um abraço!

guilherme poletto disse...

Augusto.

Faz um tempinho que eu leio esse blog e ainda nao postei nenhum coments mas é mais por preguissa minha mesmo, pq o blog esta sempre interessante e com assuntos cativantes sobre quadrinhos que eu nao vejo comentar em outros lugares, como a importância da combinaçao da imagem com o texto, as mensagens subliminares, e o duplo significado Batmam & Robin uheuheuheuh muito bom mesmo! mantendo sempre o humor tb

ótimo esse Blog, sucesso pra ti guri!